Carrinho de Compras: Câmara compra mil algemas

Retificando o Contas Abertas, acredito que, pela descrição do produto (algema de plástico descartável simples) comprado pela Câmara dos Deputados, trata-se certamente de algemas para imobilização de meliantes, sendo as mesmas utilizadas pela SWAT e até mesmo por algumas Corporações Policiais pelo Brasil!

Encontrei no “Police Shop” tais algemas, tendo as simples e as duplas! Inclusive encontrei comentários sobre a qualidade do produto no blog casodepolicia.com!

 

 

O período de carnaval parece ter animado alguns órgãos públicos federais durante a semana. O “Carrinho de Compras” rastreou no sistema que registra gastos e receitas da União e observou que a Câmara dos Deputados foi um dos destaques. A Casa empenhou (reservou em orçamento) R$ 1,7 mil, por exemplo, para a compra de mil algemas de plástico descartáveis simples. Pelo material, não parece se tratar de objetos para prender criminosos. Deve ser semelhante mesmo a adereço de bloco de carnaval…

O órgão ainda aproveitou os últimos sete dias para comprar eletrodomésticos. Foram reservados R$ 26,5 mil para a compra de 41 frigobares para atender diversos setores da Casa e mais R$ 15,7 mil para a aquisição de 11 refrigeradores duplex. Outros R$ 5,1 mil serviram para a compra de um bebedouro elétrico, tipo garrafão, uma estufa a vapor para aquecimento de marmitas e quatro cafeteiras. Parece que a economia de gastos prometida pela nova presidência da Casa ainda não engrenou…

A Câmara também empenhou R$ 13,5 mil para o pagamento de 163 metros quadrados de cortina branca destinadas às salas do centro de formação, treinamento e aperfeiçoamento da Casa . Além disso, R$ 1,9 mil foi reservado para a compra de couro, entre eles o de cabra, a ser utilizado em trabalhos de encadernação. Tudo isso a pedido da coordenação de preservação de bens culturais do órgão. A história agradece!

Já o Senado Federal resolveu comprometer recursos para a empresa de Oscar Niemeyer, logo agora depois da polêmica envolvendo projeto do arquiteto em Brasília. O órgão empenhou R$ 212,5 mil em favor da Arquitetura Urbanismo Oscar Niemeyer a título de “contratação para prestação de serviços de consultoria técnica em arquitetura e projetos, no período de janeiro a junho de 2009”.

O Supremo Tribunal Federal (STF), por sua vez, reservou R$ 16,4 mil para a compra de 10 fragmentadoras de papel . Mas o curioso dessa compra está na descrição da nota de empenho, que diz que os equipamentos são “compatíveis para cartões de crédito e grampos”. Já o Superior Tribunal de Justiça (STJ) preferiu outras coisas. O tribunal comprometeu R$ 36 mil para o pagamento de aluguel de espaço para evento a fim de atender a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. 

Por fim, mais Judiciário (e um pouquinho da Presidência, claro, como de costume)! O Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT – MG) comprometeu R$ 5,2 mil para a aquisição de 1,8 mil calendários de mesa. É melhor ninguém se perder no tempo por lá, principalmente em vésperas e voltas de feriados… E a Presidência da República empenhou R$ 2,1 mil para a compra de três mil pilhas alcalinas pequenas. E dá-lhe energia!

Clique aqui para ver as notas de empenho.

*Todo fim de semana o Contas Abertas publica a coluna “Carrinho de Compras“, que traz reservas de recursos feitas por órgãos da União em orçamento para as despesas mais curiosas. Vale ressaltar que, a princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade nesse tipo de compra feita pelo governo e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não resolveria os problemas do Brasil. A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão sobre os gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosas. 

Leandro Kleber
Do Contas Abertas

Leia os últimos “Carrinho de Compras”:

Câmara gasta R$ 107 mil para compra de poltronas giratórias

Presidência compra 360 sacos de ração de aves

Abin aluga auditório em hotel para posse de novo superintendente

STJ reserva R$ 453 mil para compra de quatro veículos de luxo

Presidência reserva R$ 45 mil para monitorar qualidade do ar nos palácios

STJ reserva R$ 18,3 mil para montar estúdio fotográfico

Abin reserva R$ 308 mil para compra de 300 telefones e 20 câmeras

Batalhão de Guarda Presidencial compra 482 ternos completos

Presidência reserva R$ 55 mil para compra de 25 sensores de temperatura

Aeronáutica reserva R$ 53,6 mil para compra de 164 caixas de armazenamento de taças de cristais 

Fonte: Contas Abertas

Despesas com viagens “explodem” no governo Ana Júlia

EU encontrei no Blog do santareno JESO CARNEIRO e ele no blog da pererequíssima Ana Célia Pinheiro:

É incrível, mas, verdadeiro: o Governo do Estado gastou com viagens, no ano passado, mais do que a Presidência da República, a maioria dos ministérios – incluindo o das Relações Exteriores – e até que a Câmara dos Deputados.

Aliás, o Governo do Pará gastou em viagens mais do que a Justiça Eleitoral, no ano eleitoral de 2008. (…)

Quando se somam as diárias e as despesas com locomoção destes dois anos [2007-2008], o que se verifica é que o Governo do Estado já consumiu mais de R$ 168,2 milhões em viagens, pelo Pará, pelo Brasil e até pelo exterior.

É dinheiro que não acaba mais.

Para se ter idéia, quase empata com os R$ 175,2 milhões que Belém recebeu, no ano passado, em repasses de ICMS do Governo Estadual, para administrar o cotidiano de 1,5 milhão de habitantes. (…)

Quando se fala em diárias de viagem, tudo subiu: desde os valores até a quantidade de contemplados.

Em 2006, apenas oito pessoas receberam mais de R$ 20.000,00 em diárias, no Governo do Estado. Em 2007, esse número saltou para 35.

No ano eleitoral de 2008, simplesmente explodiu: foram nada menos que 82.

A quantidade de gente que viajou também cresceu: 10.166 funcionários, em 2006; 11.802, em 2007; 13.107, em 2008.

AQUI, a reportagem completa.

sessão especial – violência

O secretário de Segurança Pública do Estado do Pará – Dr. Geraldo Araújo ao iniciar o discurso, falou da surpresa com o Vereador Carlos Augusto de sugerir que a sessão fosse realizada sem paixões políticas. O secretário comentou também que Belém, quando comparada com algumas outras cidades do mesmo porte como Manaus, pe a MENOS violenta. Sobre a opinião dos munícipes, citou um morador do bairrro do Guamá que falou “nós não queremos esmola, queremos trabalho!“.

O Secretário diz que só aceitou o cargo por amizade com a Governadora!

Lula é a 18ª pessoa mais poderosa do mundo, segundo revista

Levantamento foi feito pela revista americana ‘Newsweek’. 
Barack Obama é o primeiro da lista, seguido por presidente chinês.

do G1

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva apareceu em 18º Lugar na lista das 50 pessoas mais poderosas do mundo, segundo um levantamento realizado pela revista americana “Newsweek”.

O primeiro colocado no ranking da publicação é o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, que assumirá o cargo em 20 de janeiro, seguido pelo presidente chinês Hu Jintao , e pelo presidente francês Nicolas Sarkozy. 

“O estudo sobre o poder não é somente para divertir, mas também para iluminar”, diz a revista antes de divulgar a lista dos top 50.

Uma posição à frente de Lula está Sonia Gandhi, a presidente do governante Partido do Congresso na Índia, e uma atrás aparece o bilionário Warren Buffet, investidor americano.

Aparecem também na lista o Papa Bento XVI (37º), o terrorista Osama bin Laden (42º), o líder budista Dalai Lama (46º) e a apresentadora americana de TV Oprah Winfrey (47º) . A última posição é ocupada pelo empresário Jim Rogers.

A pergunta do site do “Congresso em Foco”

 

ONDE ESTÁ JADER BARBALHO???

Ex-presidente do Congresso, o deputado Jader Barbalho (PMDB-PA) não tem muito jeito para o plenário da Câmara e as comissões da Casa, onde exerce o mandato de deputado federal desde 2003. O índice de faltas do peemedebista na atual legislatura, iniciada no ano passado, chega a 43%.

O parlamentar, que retomou a vida política depois de ser ameaçado de cassação no início da década, teve um índice de presença de apenas 57% no plenário nos últimos dois anos. Na única comissão da qual é titular, a de Ciência e Tecnologia (CCT), ele não compareceu a nenhuma das 86 reuniões realizadas em 2007 e 2008.

JADER, O AUSENTE

 

Plenário

CCT

Sessões e reuniões

164

86

Presença

93

0

Percentual de faltas

43%

100%

Neste ano, descontada uma licença médica tirada pelo deputado, Jader esteve no exercício do mandato durante 49 sessões. Em 2007, foram 115 sessões. Mas ele só pisou no plenário da Casa 93 vezes, o que significa que suas faltas representaram 43% do total de sessões plenárias deliberativas da Câmara.

Entretanto, Jader justificou 43 faltas, o que elevaria seu índice de presença para 83%. As justificativas para as faltas são uma constante na Câmara, já que, segundo a Constituição, se um parlamentar faltar a mais de um terço das sessões, seu mandato tem de ser cassado.

A regra não vale para as comissões. Por isso, na Comissão de Ciência e Tecnologia, na qual Jader é titular e da qual já foi presidente, ele foi ainda mais ausente. O deputado não participou de nenhuma das 63 reuniões de 2007 e das 23 reuniões deste ano. O deputado só justificou 14 faltas na CCT.

Sem propostas

Na legislatura passada, Jader apresentou apenas sete propostas, mas somente requerimentos. Nesta legislatura, ele não fez nenhum discurso e não apresentou nenhuma proposição sequer.

Só relatou duas matérias, o ato de concessão e renovação da rádio da Associação Comunitária de Comunicação e Cultura Alternativa, em Urubici (SC) e da rádio do Sistema Comercial de Comunicações Ltda, em Maranguape (CE). Seus pareceres favoráveis à renovação das concessões foram aprovados pela CCT em reuniões das quais Jader não participou.

Biografia

Vereador, deputado estadual e federal, Jader governou o Pará entre 1991 e 1995. Foi presidente do Incra e ministro da Reforma e Desenvolvimento Agrário e da Previdência Social, no governo de José Sarney. Presidiu o PMDB e foi líder do partido no Senado.

Depois de vencer a eleição para o Senado em 2001 numa dura batalha contra o então senador Antônio Carlos Magalhães (do extinto PFL), Jader teve de renunciar ao cargo em outubro daquele ano. Ele poderia ser processado pelo Conselho de Ética e, em caso de condenação, ter o mandato cassado.

Jader foi acusado por ACM de desviar recursos da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), onde mantinha diversos aliados políticos. Parte desses recursos teria sido desviada para o ranário da esposa do então senador.

Em fevereiro de 2002, a Polícia Federal chegou a prendeu Jader, sem mandato parlamentar à época, por conta do escândalo da Sudam.

Segundo o último levantamento do Congresso em Foco, o deputado responde a quatro ações penais e dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF):

Ação Penal 339 – Crime contra o sistema financeiro nacional. Evasão de divisas.
Ação Penal 397 – Crime contra a fé pública, falsidade ideológica, corrupção, formação de quadrilha, estelionato e lavagem de dinheiro. 
Ação Penal 398 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Ação Penal 374 – Crime contra a administração pública. 
Inquérito 2051 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2052 – Crime contra a administração pública. Peculato.

Não localizado

A reportagem procurou Jader na Câmara durante a semana passada e nos últimos quatro dias. Não o encontrou no gabinete e deixou recados com seus assessores em Brasília e em Belém. O site foi informado várias vezes de que o parlamentar estava no plenário, mas não o localizou.

Segundo funcionários de seu gabinete, Jader não participou da votação do orçamento da União, que, ontem, definiu as despesas para mais de R$ 1,6 trilhão do caixa do governo.

Brasil = Estados Unidos?

Mesmo com a propaganda do Governo Federal, transmitindo uma mensagem de respeito ao Brasil em relação aos demais países, a cada dia que passa, fica mais e mais distante uma comparação equivalente do Brasil com os EUA… 

Enquanto o nosso povo orgulha-se do magnífico torneiro mecânico Luís Inácio Lula da “Sifu” Silva como seu PRESIDENTE DA REPÚBLICA, o os norte americanos têm como Secretário de Energia um mero GANHADOR DO PRÊMIO NOBEL!

 

 

 

 

Obama nomeia vencedor de Nobel para secretário de Energia

Steven Chu foi laureado em 1997; colaboradora de Al Gore também entra na equipe.

BBC Brasil – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

 – O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, indicou Stephen Chu, que recebeu o prêmio Nobel de Física de 1997, para secretário de Energia de seu futuro governo. 

Chu dirige o Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, na Califórnia.   

Ao anunciar o nome de Chu em uma entrevista coletiva em Chicago nesta segunda-feira, Obama disse que as prioridades da nova administração serão acabar com a dependência americana do petróleo estrangeiro e combater as mudanças climáticas. 

“Nós não podemos nos dar ao luxo de ser complacentes e nem de aceitar mais promessas quebradas”, afirmou. 

“Nós não vamos criar uma nova economia de energia da noite para o dia. Nós não vamos proteger nosso meio ambiente da noite para o dia. Mas nós podemos começar a trabalhar imediatamente.” 

Obama disse ainda que há muitas oportunidades para criar novos empregos na indústria ambiental. 

Equipe 

O presidente eleito indicou ainda Carol Browner, ex-chefe da Agência de Proteção Ambiental dos (EPA, na sigla em inglês) no governo Bill Clinton (1993-2001) e colaboradora do ex-vice-presidente Al Gore, para coordenar a política da Casa Branca para energia e mudanças climáticas. 

Lisa Jackson, ex-diretora do Departamento de Proteção Ambiental de Nova Jersey, foi indicada para liderar a EPA e Nancy Sutley, vice-prefeita de Los Angeles, deverá ser chefe do Conselho de Qualidade Ambiental da Casa Branca. 

A equipe que Barack Obama nomeou sinaliza sua determinação de mudar o que os democratas chamaram de “oito anos de negação republicana” em relação a questões ambientais, disse o correspondente da BBC em Washington, Andy Gallacher. 

Obama toma posse como presidente no dia 20 de janeiro.

Comissão aprova projeto que permite bloqueio de celulares

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática aprovou na quarta-feira (3) proposta que restabelece a possibilidade de bloqueio de aparelhos celulares para chips de outras operadoras. Continuar lendo