Estado e Prefeitura garantem estágio a 2,5 mil alunos (via @governoSP)


Após capacitação, alunos selecionados pelo Programa Jovem Tec farão estágio em informática

O Governo do Estado e a Prefeitura de São Paulo lançam hoje, 27, o "Jovem Tec", programa que, até 2010, vai encaminhar 2.500 jovens da rede pública estadual de ensino a estágios na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Cadastrados no Programa Jovem Cidadão, da Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho, os estudantes selecionados receberão uma bolsa auxílio de R$ 450, e estagiarão em unidades da Secretaria Municipal da Educação. 
Antes de iniciarem o estágio, os estudantes serão gratuitamente capacitados por empresas parceiras do Programa como Microsoft e Intel. Ao fim do treinamento, os alunos, que já terão conhecimento sobre redes, softwares, sistemas de comunicação, montagem e manutenção de computadores, estarão habilitados para exercer atividades de suporte técnico em informática.
O objetivo é associar a teoria à prática, ampliando o acesso desses jovens ao mercado de trabalho. Uma das exigências do Programa é que o aluno estagie em local próximo à sua moradia ou à escola onde estuda.
Por meio de Projeto de Lei, as vagas do Programa serão gradativamente ampliadas. Em 2009, 200 jovens serão capacitados e contratados. Em 2010, esse número saltará para 2.500. O programa será viabilizado com a assinatura de um termo de cooperação entre a Prefeitura e o Governo do Estado, além de um protocolo de intenções firmado entre a Prodam e as empresas parceiras.
Os 28 primeiros jovens já foram selecionados e vão passar por capacitação no Centro de Educação Corporativa da Prodam, para, posteriormente, estagiarem em escolas da Delegacia Regional de Ensino Ipiranga.
Formação
A capacitação terá carga horária total de 300 horas, que serão distribuídas em duas etapas. Na primeira, serão ministrados os conteúdos pertinentes aos cursos de Aluno Monitor (Microsoft) e Aluno Técnico (Intel). A duração dessa etapa será de dois meses, com aulas presenciais nas unidades de capacitação da Prodam. Nessa etapa, o aluno aprende a identificar, manusear e montar as partes que compõem o computador e adquire conhecimento em instalação e configuração de sistemas operacionais.
A segunda etapa da capacitação acontecerá simultaneamente com o estágio. Durante a semana, o aluno permanecerá quatro dias estagiando e um na unidade de capacitação para obter os conteúdos do curso IT Essencial (Cisco), com carga horária prevista de 80 horas presenciais. Essa etapa durará quatro meses.
Ao combinar aulas teóricas e práticas, o programa de capacitação permite ao aluno aplicar o que aprendeu em sala de aula em atividades de estágio. Ao final desse período de seis meses, o jovem poderá optar por prorrogar seu aprendizado por mais seis meses, perfazendo um total de um ano.
Danilo Neri Gomes, 19 anos, é estudante do ensino médio e foi um dos 28 primeiros jovens aprovados na seleção, realizada no dia 21 de julho, na unidade do Centro de Apoio ao Trabalho (CAT) Luz. "Gosto muito de mexer com computadores e, com o curso, poderei aprender muito mais, estagiar em grandes empresas, ajudar minha mãe e, futuramente, cursar uma universidade", disse Gomes.
Mais de 60 jovens estudantes participaram da primeira seleção. Durante o processo seletivo, os candidatos assistiram à apresentação da proposta do programa, realizaram prova escrita, que incluía testes de português, matemática, conhecimentos específicos de informática e conhecimentos gerais. A última etapa foi uma entrevista com os selecionadores do CAT e da Prodam.
Jovem Cidadão
O Programa Jovem Cidadão, uma parceria do Governo de São Paulo com empresas, oferece a estudantes do ensino médio da rede pública estadual da Região Metropolitana de São Paulo a oportunidade de inserção no mercado de trabalho por meio de estágio remunerado em empresas. Cerca de 25% dos jovens que passam pelo programa são efetivados pelas empresas em que estagiaram.  O Programa foi instituído há nove anos e já beneficiou mais de 100 mil jovens.
Benefícios

  • Capacitar os jovens na área de TIC
  • Proporcionar formação profissional e futura geração de renda.
  • Promover a inclusão digital.
  • Reduzir a evasão escolar.
  • Oferecer aos jovens melhores condições de empregabilidade.

Parceiros do Programa
Na Organização, Estrutura e Coordenação

  • Secretaria Municipal de Modernização, Gestão e Desburocratização
  • Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho
  • Prodam – Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município
  • Secretaria Municipal do Trabalho

Na Capacitação

  • Cisco
  • Intel
  • Microsoft
  • Telefônica
  • Instituto Mauá
  • Prodam

No Estágio

  • Secretaria Municipal da Educação
  • Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município – Prodam
    Da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho

Participe do debate...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s