Dicas para usar o Twitter (Para Políticos)


Texto original do blog do @iOxenTI

O Twitter se mostrou uma ótima ferramenta para políticos, tanto que muitos já aderiram a ferramenta de comunicação e interação com o Eleitor, mas muitos utilizam a ferramenta de forma errônea, seja só postando sem responder ou mandando a assessoria twittar, então vamos a um pequeno guia de como usa o Twitter em seu mandato:

  1. Nunca mande a assessoria postar
    O Twitter é algo pessoal, e deve ser twittado pelo próprio político. A Assessoria pode até cuidar de um blog, mas o twitter é seu, poste um resumo de suas ações com um link para um post no blog.
  2. Responda os Replys!
    Um eleitor manda uma crítica, comentário ou sugestão relevante? Responda. Se for um palavrão ou uma crítica infundada, o Twitter tem uma função block para isso. Twittar sem interagir com o seu seguidor é bobagem. Muito melhor fechar a conta do Twitter.
  3. Interaja com o Blog
    Se você tem um blog (se ainda não tem, crie um) instale um Script para postar os títulos, o OxenTI e vários blogs já usam esse recurso. A interação com os blogs é um recurso bastante importante, pois você não deixa seu twitter chato (dividindo várias vezes a mensagem) e ainda sabe quantos dos seus seguidores realmente se interessam por um determinado assunto. Se seu blog é feito com WordPress, esses 2 plug-ins irão ajudar você a saber como está o blog: Tweetly Updater Para postar seus posts no twitter, e o WP-Postviews, para saber quantas pessoas vêem seu post.
  4. Não, eu disse NÃO use scripts para conseguir seguidores.
    Tenha em mente que o público do Twitter é diferenciado, formado por pessoas mais críticas do que a sociedade comum, então parecer ter vários seguidores  conseguidos às custas de Script pode deixar sua imagem como desonesta, e lembre-se dentre seus seguidores podem estar jornalistas, blogueiros entre outros formadores de opinião e isso pode causar sérios danos a sua imagem
  5. Senso de humor faz bem!
    O Deputado @Efraimfilho é um político bem humorado no twitter, as vezes solta umas piadinhas, comentários sobre o Flamengo (não que isso seja bom :P), comentários sobre a família, que mostram que o político é um ser humano comum, só está exercendo um mandato para comandar a nação, e embora os eleitores estejam desiludidos com (veja por que aqui) a classe política, ainda há esperança.
    Claro que divulgar as ações parlamentares são mais importantes do que as brincadeiras e as piadinhas, mas essas brincadeiras são o diferencial para conseguir seguidores (e possíveis eleitores, claro).

Um blog para divulgar suas ações mais o Twitter para mostrar que você é humano (que não é bot) se torna uma ferramenta fantástica para a campanha e para um governo mais democrático, pois você pode receber sugestões e mostrar transparência com o eleitor, claro, se você não tiver nada a esconder, né?

Lembra da polêmica com o Senador Azeredo? Então, se o Senador tivesse comunicado a polícia usado o Twitter para comentar a lei, isso não teria acontecido…

Participe do debate...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s