Carrinho de Compras: Câmara compra mil algemas


Retificando o Contas Abertas, acredito que, pela descrição do produto (algema de plástico descartável simples) comprado pela Câmara dos Deputados, trata-se certamente de algemas para imobilização de meliantes, sendo as mesmas utilizadas pela SWAT e até mesmo por algumas Corporações Policiais pelo Brasil!

Encontrei no “Police Shop” tais algemas, tendo as simples e as duplas! Inclusive encontrei comentários sobre a qualidade do produto no blog casodepolicia.com!

 

 

O período de carnaval parece ter animado alguns órgãos públicos federais durante a semana. O “Carrinho de Compras” rastreou no sistema que registra gastos e receitas da União e observou que a Câmara dos Deputados foi um dos destaques. A Casa empenhou (reservou em orçamento) R$ 1,7 mil, por exemplo, para a compra de mil algemas de plástico descartáveis simples. Pelo material, não parece se tratar de objetos para prender criminosos. Deve ser semelhante mesmo a adereço de bloco de carnaval…

O órgão ainda aproveitou os últimos sete dias para comprar eletrodomésticos. Foram reservados R$ 26,5 mil para a compra de 41 frigobares para atender diversos setores da Casa e mais R$ 15,7 mil para a aquisição de 11 refrigeradores duplex. Outros R$ 5,1 mil serviram para a compra de um bebedouro elétrico, tipo garrafão, uma estufa a vapor para aquecimento de marmitas e quatro cafeteiras. Parece que a economia de gastos prometida pela nova presidência da Casa ainda não engrenou…

A Câmara também empenhou R$ 13,5 mil para o pagamento de 163 metros quadrados de cortina branca destinadas às salas do centro de formação, treinamento e aperfeiçoamento da Casa . Além disso, R$ 1,9 mil foi reservado para a compra de couro, entre eles o de cabra, a ser utilizado em trabalhos de encadernação. Tudo isso a pedido da coordenação de preservação de bens culturais do órgão. A história agradece!

Já o Senado Federal resolveu comprometer recursos para a empresa de Oscar Niemeyer, logo agora depois da polêmica envolvendo projeto do arquiteto em Brasília. O órgão empenhou R$ 212,5 mil em favor da Arquitetura Urbanismo Oscar Niemeyer a título de “contratação para prestação de serviços de consultoria técnica em arquitetura e projetos, no período de janeiro a junho de 2009”.

O Supremo Tribunal Federal (STF), por sua vez, reservou R$ 16,4 mil para a compra de 10 fragmentadoras de papel . Mas o curioso dessa compra está na descrição da nota de empenho, que diz que os equipamentos são “compatíveis para cartões de crédito e grampos”. Já o Superior Tribunal de Justiça (STJ) preferiu outras coisas. O tribunal comprometeu R$ 36 mil para o pagamento de aluguel de espaço para evento a fim de atender a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados. 

Por fim, mais Judiciário (e um pouquinho da Presidência, claro, como de costume)! O Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT – MG) comprometeu R$ 5,2 mil para a aquisição de 1,8 mil calendários de mesa. É melhor ninguém se perder no tempo por lá, principalmente em vésperas e voltas de feriados… E a Presidência da República empenhou R$ 2,1 mil para a compra de três mil pilhas alcalinas pequenas. E dá-lhe energia!

Clique aqui para ver as notas de empenho.

*Todo fim de semana o Contas Abertas publica a coluna “Carrinho de Compras“, que traz reservas de recursos feitas por órgãos da União em orçamento para as despesas mais curiosas. Vale ressaltar que, a princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade nesse tipo de compra feita pelo governo e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não resolveria os problemas do Brasil. A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão sobre os gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosas. 

Leandro Kleber
Do Contas Abertas

Leia os últimos “Carrinho de Compras”:

Câmara gasta R$ 107 mil para compra de poltronas giratórias

Presidência compra 360 sacos de ração de aves

Abin aluga auditório em hotel para posse de novo superintendente

STJ reserva R$ 453 mil para compra de quatro veículos de luxo

Presidência reserva R$ 45 mil para monitorar qualidade do ar nos palácios

STJ reserva R$ 18,3 mil para montar estúdio fotográfico

Abin reserva R$ 308 mil para compra de 300 telefones e 20 câmeras

Batalhão de Guarda Presidencial compra 482 ternos completos

Presidência reserva R$ 55 mil para compra de 25 sensores de temperatura

Aeronáutica reserva R$ 53,6 mil para compra de 164 caixas de armazenamento de taças de cristais 

Fonte: Contas Abertas

Um comentário sobre “Carrinho de Compras: Câmara compra mil algemas

  1. Boa Noite, Gilton Paiva!

    Infelizmente segurança pública no Brasil, dificilmente será levada a sério, eis que a indústria que cresce a sua volta é muito lucrativa. Não estou falando do comércio ilegal (drogas e armas); e, sim; dos serviços e atividades de proteção: carros blindados, cabines blindadas, segurança particular, vidros blindados, portas aprova de bala, etc.
    A foto que ilustra a matéria é o exemplo do descaso, a dita algema, é na verdade; uma cinta de plástico, usada para fixação de fios e cabos, que pode ser comprada por R$ 3,36 um pacote com 10 unidades. Com base nessa cotação, teríamos o valor de R$ 336,00 – cada cinta no site abaixo custa R$ 0,36. Que absurdo!
    http://www.twenga.com.br/oferta/50203/2756263764556123423.html
    A verdadeira algema de plástico é exibida no blog que você indicou e suporta 100kgf de força aplicada em lados opostos. Já a exibida na matéria resiste a 13kgf. A verdadeira custa em média R$ 45,00 cada uma. Essa aquisição é um desrespeito ao destino dado ao dinheiro público.
    Forte abraço!

Participe do debate...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s