O que você tem a ver com a CORRUPÇÃO???


O projeto “O que você tem a ver com a corrupção”, idealizado inicialmente no estado de Santa Catarina e ganhador do Prêmio Innovare foi lançado nacionalmente por uma iniciativa do Ministério Público brasileiro através da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público – CONAMP, em parceria com o Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais – CNPG. São apoiadores oficiais do projeto a Companhia Vale do Rio Doce – CVRD, Instituto Rui Barbosa – IRB, Instituto INNOVARE, Associação dos Magistrados Brasileiros – AMB, COMAB e REDE GLOBO. O projeto tem caráter educativo e busca conscientizar a sociedade, especialmente crianças e adolescentes, a partir de um diferencial, que é o incentivo à honestidade e transparência das atitudes do cidadão comum, destacando atos rotineiros que contribuem para a formação do caráter.
As pessoas, empressas e entidades interresadas em participar do projeto podem entrar em contato direto com a CONAMP, falar com a Wanessa, pelo telefone (048) 3224-4368 ou preenchendo o formulário.

 

2º Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União: O que você tem a ver com a corrupção?

Inscrições: até 15 de outubro de 2008

O Projeto

  O projeto tem por objetivo ajudar na prevenção a ocorrência de novos atos de corrupção e a conseqüente diminuição dos processos extrajudiciais e judiciais, por meio da educação das gerações futuras, estímulo a denúncias populares e a efetiva punição de corruptos e corruptores. O projeto visa atacar dois pontos fundamentais:

  • 1º- acabar com a impunidade, ou seja, buscar a efetiva punição dos corruptos e dos corruptores, por meio de um canal real para o oferecimento de denúncias, e, o principal;
  • 2º- educar e estimular as novas gerações, mediante a construção, em longo prazo, de um Brasil mais justo e sério, destacando-se o papel fundamental de nossas próprias condutas diárias a partir do seguinte principio, é preciso dar o exemplo. O primeiro passo para consecução do projeto está envolvendo a promoção, junto ao Ministério Público Brasileiro, de uma valoração especial das atribuições constitucionais da Instituição, estimulando o desempenho de atividades extrajudiciais. Evidente, como nada se constrói sozinho, é preciso envolver outras instituições, empresas e pessoas a se engajarem num projeto de longo prazo que enrede a sociedade em uma campanha de estímulo à ética e a honestidade dos cidadãos.

Participe do debate...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s