Rei Roberto Carlos perde processo de indenização e continua na batalha editorial!


O Rei Roberto Carlos deu um mãozinha ao autor Paulo César de Araújo ao proibir a venda de sua biografia intitulada “Roberto Carlos em detalhes”, entrou com uma processo de indenização por danos morais, mas acabou perdendo e a própria advogada de defesa do autor está recorrendo para a liberar a comercialização do livro.

A esta altura do campeonato, com o livro disponível na internet, não tem sentido manter a proibição

comentou a advogada Deborah Sztainberg.
já que ela falou… Para fazer o download do livro em formato pdf, dê um clique direito na imagem e selecione “Salvar destino como” (salvar link como)

Transtorno obsessivo compulsivo

A decisão da juíza reconhece que o cantor sofre de uma doença, o transtorno obsessivo compulsivo (TOC), mas assinala que ele é uma figura pública. O texto diz: “o interesse processual não pode firmar-se na obsessão compulsiva de tudo controlar sobre si mesmo, com o alheamento do direito democrático constitucional de informação, sobrepujador do direito à proteção da imagem e da honra, se a pessoa é pública e a informação verdadeira”.

A sentença faz referência ainda a direitos constitucionais ao analisar o argumento dos advogados de Roberto Carlos de que o autor do livro estaria obtendo ganhos financeiros com a imagem do cantor. Para a juíza, o uso não autorizado de imagem pode ocorrer “sempre que indispensável à afirmação de outro direito fundamental, especialmente o direito à informação – compreendendo a liberdade de expressão e o direito a ser informado”. O direito à informação se manteria “mesmo na presença de finalidade comercial, que acompanha os meios de comunicação no regime capitalista”.

Processo kakfiano

A advogada Deborah Sztainberg considera que o processo contra seu cliente é “kafkiano” e envolve uma pessoa muito poderosa, Roberto Carlos. Ela criticou os advogados do cantor por terem, na ação inicial, segundo a avaliação dela, “adulterado” o texto do livro. O capítulo intitulado “sexo, garotas e rock and roll” teria se transformado em “sexo, drogas e rock and roll”.

“Falta o último ponto do processo e agora vamos obtê-lo na justiça”, diz, confiante, Sztainberg.

A assessoria de imprensa de Roberto Carlos informou que o cantor está em viagem fora do Rio e ainda não tem uma posição sobre o assunto.

Aproveitamos o momento para relembrar uma música do REI… “daqui pra frente, tudo vai ser diferente, você tem que aprender a ser gente, o seu orgulho não vale naaaaada…!”

Participe do debate...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s