Na Suécia…


Texto escrito por um brasileiro que vive na Europa:

Já vai para 16 anos que estou aqui na Volvo, uma empresa sueca. Trabalhar com
eles é uma convivência, no mínimo, interessante. Qualquer projeto aqui demora 2
anos para se concretizar, mesmo que a idéia seja brilhante e simples. É regra.
Então, nos processos globais, nós (brasileiros, americanos, australianos,
asiáticos) ficamos aflitos por resultados imediatos, uma ansiedade generalizada.
Porém, nosso senso de urgência não surte qualquer efeito neste prazo. Os suecos
discutem, discutem, fazem “n” reuniões, ponderações. E trabalham num esquema bem
mais “slow down”. O pior é constatar que, no final, acaba sempre dando certo no
tempo deles com a maturidade da tecnologia e da necessidade: bem pouco se perde
aqui. E vejo assim: 1. O país é do tamanho de São Paulo; 2. O país tem 2 milhões
de habitantes; 3. Sua maior cidade, Estocolmo, tem 500.000 habitantes compare
com Curitiba, que tem 2 milhões); 4. Empresas de capital sueco: Volvo, Scania,
Ericsson, Electrolux, ABB, Nokia, Nobel Biocare.. Nada mal, não? 5. Para ter uma
idéia, a Volvo fabrica os motores propulsores para os foguetes da NASA. Digo
para os demais nestes nossos grupos globais: os suecos podem estar errados, mas
são eles que pagam muitos dos nossos salários. Entretanto, vale salientar que
não conheço um povo, como povo mesmo, que tenha mais cultura coletiva do que
eles. Vou contar para vocês uma breve história só para dar noção. A primeira vez
que fui para lá, em 90, um dos colegas suecos me pegava no hotel toda manhã. Era
setembro, frio, nevasca. Chegávamos cedo na Volvo e ele estacionava o carro bem
longe da porta de entrada (são 2.000 funcionários de carro). No primeiro dia não
disse nada, no segundo, no terceiro… Depois, com um pouco mais de intimidade,
numa manhã, perguntei: Você tem lugar demarcado para estacionar aqui? Notei que
chegamos cedo, o estacionamento vazio e você deixa o carro lá no final.” Ele me
respondeu simples assim: “É que chegamos cedo, então temos tempo de caminhar –
quem chegar mais tarde já vai estar atrasado, melhor que fique mais perto da
porta. Você não acha?”. Olha a minha cara! Ainda bem que levei esta logo na
primeira. Deu para rever bastante os meus conceitos dali para frente . . .

Anúncios

Participe do debate...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s